• Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn


Cerveja Artesanal e a evolução da humanidade: essa moda pegou!?

A evolução da sociedade é marcada por diversos “booms”, e cada um desses grandes eventos trazem consigo mudanças que dificilmente são deixadas para trás, facilmente identificadas na Revolução Industrial (séc. XVIII) que modificou a forma de produzir e de consumir da humanidade.

Num exemplo mais próximo da história brasileira, a abertura do mercado representou algo similar. Depois desse ato político-econômico o acesso a bens do exterior foi facilitado. E, mais uma vez, os itens consumidos sofreram modificações drásticas.

Mudamos sempre para melhor

Vivemos hoje na chamada Era da Informação. Somos a geração da tecnologia. E a acessibilidade a quase tudo que está sendo feito no mundo nos proporcionam descobertas que até então eram inacessíveis.

Nos últimos sessenta anos a moda do vestuário teve grande revolução e, até hoje, a cada seis meses temos novas coleções de roupas.

Há trinta anos, o mercado automobilístico sofria com o domínio de poucas montadoras (ainda não são muitas, mas melhorou) e os consumidores tinham à disposição escassas versões e poucos modelos de carros para escolher.

Nos últimos quinze anos nos comunicamos com qualquer pessoa e em qualquer lugar usando aparelhos móveis. Isso era impensável no início dos anos 90. A conectividade ampliou as possibilidades de negócios e relacionamentos. 

Na última década, e mais acentuadamente nos recentes cinco anos, a ousadia na criação passou para a mesa dos brasileiros. Já nos vestimos melhor, nos locomovemos com mais comodidade, temos designs em móveis e equipamentos que facilitam a nossa vida… Faltava a revolução do Paladar!

A consolidação da Cerveja Artesanal

A exigência de alguns consumidores subiu a um nível ao qual a cerveja comercial já não consegue satisfazê-la. Somado a isso, a busca por novos sabores e melhores experiências acabou favorecendo o surgimento de um nicho de mercado que decolou: o mundo das Cervejas Artesanais parece estar distante do seu fim. Tem cerveja para todos os tipos de preferências.

Essas demandas são supridas por ofertas que movimentam a economia e ganham respeito até de quem não é apreciador. Pois, existe intrínseco em cada rótulo de cerveja especial a geração de renda (insumos, empregos, impostos etc.) em uma extensa cadeia de valores. E nos frequentes festivais e concursos percebemos o profissionalismo envolvido. A Cerveja Artesanal vive o seu ápice em um momento que a coloca como mais uma “moda que veio para ficar” e que, dificilmente, sairá das nossas vidas.

E, da mesma forma como ocorreu antigamente, nunca mais viveremos o mais do mesmo, pois enquanto os cientistas descobrirem novas plantas, raízes, frutas, legumes, compostos e elementos químicos, teremos a certeza de que novas receitas de cervejas irão surgir!