Cervejas estilo Bock
  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

 

Nem só de frio vive a cerveja do estilo Bock

As cervejas do estilo Bock entram na pauta de consumo dos brasileiros a cada inicio da estação do inverno. Ao longo do ano mal percebemos a existência delas nas prateleiras de lojas e mercados, porém quando a temperatura baixa somos acometidos pela publicidade e pela “mágica aparição” no nosso dia-a-dia.

Neste post mostraremos que o consumo das Bock não precisa e nem deve ser restrito aos dias de temperaturas baixas do outono e do inverno, mesmo que sejamos levados a essa associação.

Origem do nome

A palavra Bock tem origem incerta. Alguns acreditam ter vindo do nome da cidade de EinBeck, localizada no distrito de Northeim, estado de Baixa Saxônia e era um grande centro cervejeiro desde o século XIII. As pessoas teriam passado a usar Beck para referir-se a esse estilo de cerveja e, mais tarde, Bock.

Outra possibilidade para o batismo desse estilo é de que alguns cervejeiros, adeptos do estilo Bock, produziam sua cerveja no período correspondente ao signo zodiacal de Capricórnio. Como o símbolo deste signo é um cabrito – bock em alemão – logo se fez a associação. Por isso, é usual a exibição de animais nos rótulos das cervejas deste estilo.

Características das Bocks

Esse tipo de cerveja é mais forte do que as demais Lager, são mais robustas e possuem um maior teor alcoólico. Podemos dizer que tradicionalmente, a bock apresenta aroma marcante de malte e praticamente nenhuma nota de lúpulo.

Por tradição apresentam cores avermelhadas, mas podem ser também de coloração marrom. Possuem um complexo sabor maltado devido às misturas de maltes de Viena e Munique.

Mesmo assim, são suaves, com a presença notória do malte, pois são armazenadas para descansar antes de serem degustadas.

A graduação alcoólica normalmente é de 6% nas Bocks Tradicionais, até 10% nas Doppelbock, e 14% nas Eisbock, tipos diferentes de Bock.

Outra variação de Bock é a Maibock ou Helles Bock, uma bock clara, de até 7,4% de álcool.

Por que as Bocks são mais lembradas no frio?

O estilo Bock é um dos mais associados ao inverno. Mas cabe desfazer o mito. Ele não precisa ser aproveitado só no inverno, ou nas proximidades da estação mais fria do ano.

É um tipo bastante agradável em qualquer época do ano. A associação com o frio acontece pelo sabor muitas vezes adocicado, e o teor alcoólico mais alto, ambas características fazem das cervejas bock uma ótima pedida para dias frios.

Harmonização sugerida

Boas harmonizações entre o estilo bock e as refeições são feitas com carnes vermelhas, tanto assadas quanto grelhadas, pois gera caramelização e combina por semelhança com a cerveja. Molhos como o de tomate, mais ácidos, geram um contraste ótimo com a bebida.