Cervejas especiais na culinária
  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

 
 

Cervejas especiais na culinária

Existem muitas formas de utilizar a cerveja na culinária. Seja como ingrediente para preparo, seja como bebida para harmonizar com os pratos, cada tipo de comida vai pedir um tipo de cerveja.

As cervejas especiais utilizadas no preparo de cada prato vão depender dos outros ingredientes da receita. Os temperos acrescentados aos pratos são tão ou mais importantes que o ingrediente principal. Ervas, pimentas, especiarias e temperos em geral interferem na percepção do sabor, pois reduzem ou potencializam as características da cerveja, podendo produzir novos e surpreendentes sabores.
 

>> Saiba mais sobre Degustação de Cervejas!
Utilize as Fichas de Degustação da Beer & Bier. <<


   Utilizando as cervejas no preparo de pratos

Mesmo com muitas opções, gourmets caseiros e profissionais ainda não incorporaram as cervejas em sua rotina culinária. Para os que já as utilizam como ingredientes, as dicas de estilos de cervejas apropriadas para cada tipo de prato são:

Carnes: Por exigirem hidratação na hora do cozimento, é ideal que seja usada uma cerveja do tipo Pilsen, que é leve, refrescante e um pouco amarga.

Peixe: Os peixes podem ser marinados com cervejas do tipo Weiss ou até mesmo com a Bock.

Frango ou lombo: O preparo de véspera pode utilizar cervejas artesanais dos estilos Malzbier e Strong Ale.

Para as sobremesas, a English Barleywine é uma ótima opção, por conta do seu forte sabor e semelhança de armazenamento com o vinho.


   As cervejas como acompanhamento

Além de serem ótimas como modo de preparo, as cervejas artesanais também estão presentes na hora da degustação. Harmonizar o prato com a cerveja certa é proporcionar uma nova experiência ao paladar. Isso porque tanto o prato quanto a cerveja estarão em sintonia, portanto seu sabor e aroma estarão em sua forma mais esplêndida.

Quando elementos semelhantes estão presentes na bebida e na comida, eles tendem a se balancear, e não a se somar, como normalmente pensamos. Defumados com cervejas defumadas, pratos ácidos com cervejas ácidas, são exemplos de fácil entendimento na hora da harmonização. Outra regra simples é em relação às comidas gordurosas; quanto mais gordurosa for a comida, mais marcante deve ser o sabor da cerveja.

Quer entender mais sobre harmonização de pratos e cervejas especiais? Falaremos um pouco mais sobre isso em nossos próximos textos, com dicas que você poderá utilizar para harmonizar as novas cervejas do mês. Aguardem!