Como funciona o processo de fabricação da cerveja
  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Como funciona o processo de fabricação da cerveja

Para produzir cervejas artesanais são usados três processos básicos: mostura, fervura e fermentação. A mostura e fervura quase sempre acontecem no mesmo dia, já a fermentação pode durar uma ou algumas semanas, dependendo de cada cerveja.

O processo de Mostura

O processo é iniciado com o moer do malte. Depois ele é misturado à água quente e permanece a uma temperatura de 65ºC, roximadamente.
Em seguida a água, que está rica em açúcares (chamada mosto), é retirada e o restante de malte é lavado com água quente para retirar o máximo de substâncias que restaram. Esse processo dura de duas a cinco horas e tem como objetivo extrair os açúcares e outros componentes do malte.

A Fervura

O mosto (água retirada do malte rica em açúcares) é fervido na caldeira, em aproximadamente uma, duas horas. Durante o processo de
fervura é adicionado pouco a pouco o lúpulo, com o objetivo de propiciar o amargor, aroma e paladar aos consumidores de cervejas especiais. Depois de fervido, o mostro é separado do lúpulo e preparado para o último processo, o de fermentação.

Da fermentação à cerveja

O fermento é adicionado ao mosto para chegar até o produto final, a cerveja. O tempo de fermentação vai depender do produto final que
a cervejaria deseja alcançar. De cinco a dez dias chama-se “Ale” (alta fermentação) e a “Larger” (baixa fermentação) ainda passa por processo de maturação. Ao final da fermentação a bebida é carbonatada e envasada.

Esse é o processo básico da produção de cervejas especiais, que podem levar ainda outros ingredientes, dependendo da sua produção.
Com os planos de assinatura da Beer & Bier, você pode receber as melhores cervejas especiais do Brasil e do mundo na sua casa.

Assine Cerveja, Assine Beer & Bier.