• Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

O copo ideal para as cervejas especiais – Parte II

Quem não entende do riscado pode achar besteira, mas o copo faz toda a diferença para apreciar uma cerveja especial. “Cada estilo de cerveja tem diferentes características que percebemos melhor ao degustá-las nos respectivos copos. Os formatos foram desenvolvidos pensando na aparência, formação de espuma, progressão de aromas e sabor”, comenta Sady Homrich, mestre cervejeiro e baterista do Nenhum de Nós.

Esse post dá continuidade ao texto publicado no nosso blog em fevereiro de 2013, que abordou as características dos copos Weizen, Goblet, Tulipa, Pint, Flute e Stem. E, claro, além do copo certo, existe a cerveja certa para cada momento, e ideal para acompanhar cada situação.

Trapist 

Tem boca larga e é ideal para cervejas frutadas e complexas, caso das belgas premium. O Trapist teve inspiração nas clássicas taças de champanhe. Por isso, são rasos e apresentam a boca com diâmetro avantajado. O nome desse copo vem dos mosteiros Trapistas, onde era tradicionalmente utilizado.

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Shaker 

O Shaker apresenta duas versões, de 210ml e de 350ml. No Brasil, é conhecido popularmente como Caldereta. Este copo é o padrão das microcervejarias dos Estados Unidos. Combina com Light Lagers, claras e leves, e também faz uma boa parceria com as cervejas do grupo Porter, mais escuras e encorpadas. O Shaker favorece a percepção da cor da cerveja, sua espuma e seus aromas voláteis.

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn


Yard

Jarda, assim é a tradução literal de Yard para o português. A medida utilizada nos Estados Unidos equivale a 91 centímetros. O copo é bastante utilizado em festas e competições e as Strong Ale são o tipo mais indicado para consumo neste copo, que se mantém equilibrado somente se estiver sustentado por uma estrutura de madeira.

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Mug ou Stein 

As populares canecas são copos pesados, com alça e com diversas capacidades de armazenamento.  O Mug não tem tampa, já um Stein pode ter. As cervejas ideais para esse tipo de copo são: American Amber Ale, Roggenbier, Sahti, Irish Red Ale, Scottish Ale, Bock, Doppelbock, German Classic Pilsner, Bohemian Pilsner.

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Snifter  

É conhecido como taça para conhaque e também chamado de Napoleón, é um copo arredondado e tem a boca estreita para reter o poderoso buquê comum as cervejas mais encorpadas e fortes, casos das Imperial Stouts, das Belgian Strong Dark Ales e Double Bocks. O nome é uma alusão ao ato de ingerir a bebida. Seu formato permite que a mão do cervejeiro aqueça a bebida e exale os aromas voláteis. 

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Não esqueça! 

Outros fatores também influem no real aproveitamento de uma boa cerveja, tais como: temperatura, acompanhamentos, armazenamento e temperatura do copo. Uma cerveja superior requer um tratamento superior.

E não pense que precisa de ocasião especial para tomar uma cerveja diferenciada, torne cada ocasião especial com uma cerveja diferente.