• Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Descubra a melhor maneira de guardar a sua Cerveja

 

Cerveja é Química e Biologia, mas a Física também participa

A receita da cerveja é uma fórmula química onde, em geral, os elementos estão balanceados de acordo com o estilo da cerveja. Nas aulas de química aprendemos que o nome desse balanceamento é estequiometria e achávamos que nunca seria útil: ledo engano. Hoje, aquele aprendizado faz muito sentido para os apreciadores de cerveja.

Também encontramos fortemente a Biologia, que se faz presente da água até os mais diversos ingredientes utilizados nas cervejas especiais. E, ao falarmos da posição da garrafa, incluímos mais uma disciplina na conversa, a Física.

Que cerveja é uma ciência não se discute mais. Agora, o desafio consiste em entender que ciência que é essa. É um desafio prazeroso de ir conhecendo e superando! Como resultado do encontro de diversas ciências, a cerveja especial se vale bastante dos princípios da física para melhorar a experiência dos consumidores.

Independentemente de afetar o sabor da cerveja, a Física não faz parte, diretamente, do processo produtivo da cerveja. Mas principalmente seus efeitos podem ser percebidos na etapa de armazenamento. Existem duas formas comuns de guardarmos a cerveja em nossa casa: deitadas nas prateleiras ou em pé na porta da geladeira. A Física nos dirá se estamos certos.

Cerveja guardada na horizontal?

Guardar a cerveja na horizontal implica em aumentar a sua superfície de contato com o oxigênio. Basta que observemos a quantidade de cerveja que fica em contato com o oxigênio quando ela está deitada (praticamente toda a lateral), e comparemos com a parte que fica em contato com o ar quando na posição vertical (somente a área correspondente a circunferência do gargalo). Na física, o conceito formal que explica:

“Quanto maior for a superfície de contato das substâncias reagentes, maior será a velocidade com que se processará a reação. ”

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

No caso da garrafa na horizontal, a reação é a oxidação da cerveja. Ocorrendo isso, a deterioração é acelerada e perde-se um precioso líquido pelo desconhecimento de física básica.

Para reforçar a não indicação de guardar a cerveja deitada, o contato do líquido com o material da tampa acelera a reação da deterioração.

Porta da geladeira pode?

Mais uma vez um conceito físico pode nos responder essa questão. A Termometria, parte da física que estuda a temperatura, diz que após estabelecido um equilíbrio químico em um sistema (a Cerveja) ele só mudará seu equilíbrio se houver uma perturbação.

  • Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

Nesse sentido, sabemos que a porta da geladeira não se trata de um objeto imóvel, em alguns casos até bem movimentado. E essa agitação na porta da geladeira altera o equilíbrio da cerveja por meio da variação constante da temperatura. Além disso, adicionamos a exposição à luz, que todo apreciador sabe que não faz bem para a cerveja.

Faça valer o seu direito de beber uma cerveja especial da melhor forma possível e com o sabor que foi originalmente pensado pelo mestre cervejeiro. Sempre acondicione as garrafas em locais que possam ficar em pé e nunca as exponha a situações que permitam constantes ou grandes variações de temperatura e luz!

Beba menos. Beba melhor. Beba corretamente!