• Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn


Dicas de harmonização – Parte I

O ritual cervejeiro vai muito além do que o simples ato de beber cerveja. Apreciar este líquido que nos emociona também passa pela devida harmonização com os pratos que combinam melhor com cada estilo cervejeiro. Neste texto, vamos elencar as harmonizações ideais para alguns dos estilos mais cultuados no mundo das cervejas especiais.
 

Para ajudar na sua experiência de degustação utilize as Fichas de Degustação da Beer & Bier.
 

Weissbier 

Nas cervejas feitas com trigo é melhor apostar em comidas mais leves e com aromas mais sutis. Existe o interesse em aproveitar os sabores citrinos e da levedura, contidos neste estilo, com uma sopa delicada ou um prato de massa ou, também, com queijos pouco intensos, que formam outra boa opção.

Pratos vegetarianos também são bem acompanhados por cervejas baseadas em trigo, desde que essas iguarias vegetarianas não sejam condimentadas em excesso. Também combina com vegetais grelhados e frango. Sobremesas como banana split ou torta de laranja são igualmente boas opções.

Sobremesas feitas com limão realçam as características destas cervejas especiais. Claro que as cervejas de trigo são a pedida perfeita para pratos característicos da cozinha alemã.

Porter/Dry Stout 

Com cor escura, teor alcoólico mediano e suas notas de cereais torrados, às vezes mescladas com café e caramelo, as cervejas Porter e maioria das Stout são cervejas marcantes, capazes de serem comparadas a um vinho encorpado.

Com isso, essa dupla é a pedida certa para acompanhar frutos do mar como mariscos e ostras, além de combinar muito bem com guisado de carne. Elas podem ser boas companheiras de queijos mais fortes e, ao mesmo tempo, salgados. Casos do cheddar e do blue. Ficam ótimas com sobremesas feitas com chocolate. Na Inglaterra, é costume fazer panquecas com cerveja Stout, trocando parte da água para fazer a comida por cerveja.

Pilsener 

As pilsen detém a grande vantagem da versatilidade, fruto do seu corpo leve e do teor alcoólico próximo do baixo, sendo ótimas para refrescar e fazer o acompanhamento de pratos nos quais o objetivo seja não gerar grandes alterações no paladar por causa da cerveja. 

Em virtude dessas características, podem ser parceiras de receitas de carne, de peixes ou de mariscos. Pareando entradas, inclusive. Elas também servem como atenuantes para comidas com gostos mais picantes como as da família mexicana ou vindas do oriente. 

Para ajudar na sua experiência de degustação utilize as Fichas de Degustação da Beer & Bier, encartadas com as cervejas do mês.