• Facebook
  • Google plus
  • Twitter
  • LinkedIn

O que é o IBU da cerveja? 

Podemos mensurar as características de uma cerveja de diversas formas e não é limitada apenas quanto ao teor alcoólico. Podemos, por exemplo, qualificar e classificar uma cerveja pelo nível de amargor apresentado, e é aí que entram essas três letras: IBU.

Em inglês, IBU é a abreviatura para International Bitterness Unit. Traduzindo para o português, podemos chamar de algo como unidade internacional de amargor. É pelo número de IBU que podemos ter uma ideia de o quão amarga é uma cerveja. 

Também podemos dizer que o IBU determina o quão lupulada é uma cerveja, já que o lúpulo interfere é um dos grandes responsáveis pela definição do da cerveja. A determinação do número do IBU ocorre por um cálculo específico, realizado no processo de fabricação da cerveja. Não é comum termos no rótulo a informação do teor de amargor, mas muitas cervejarias apresentam esta informação. 

Comparações de estilos e IBU’s 

Para que tenhamos um grau de comparação, uma cerveja brasileira industrializada comum tem entre 8 e 15 de IBU’s, enquanto que as cervejas do estilo pilsen alcançam cerca de 35 a 45 IBU’s. Por outro lado, cervejas do estilo American Barleywine e Imperial IPA podem chegar a impressionantes 120 de IBU.

Porém, os números de IBU têm de ser relativizados. A unidade representa um número absoluto da conversão dos alfa-ácidos da bebida em iso-alfa-ácidos, que são os geradores da sensação de amargor. 

Número de IBU não define sozinho amargor da cerveja 

O amargor não pode se restringir ao simples número do IBU. A cerveja é uma combinação de malte e lúpulo, mescla a sensação  doce e amarga. A proporção do malte e do lúpulo é que vai gerar a percepção do dulçor ou do amargor residual. 

Um alto IBU em cervejas de teor alcoólico elevado, em consequência com boa presença de açúcares não fermentados por ter sido produzida com mais malte, levará a um maior equilíbrio na mistura. 

Em regra geral (e não definitiva), podemos dizer que quanto mais escura for uma cerveja, mais açúcares teremos no produto. Já as cervejas claras pendem para um maior amargor. Porém, este não é o único fator no processo. Para termos uma cerveja verdadeiramente amarga é preciso a conexão de alto IBU com um corpo leve da cerveja em questão.